sexta-feira, setembro 08, 2006

Grande Bukowski




"Não me preocupo com a morte ou não tenho pena de morrer. Parece uma tarefa desgraçada. Quando? Na próxima quarta-feira à noite? Ou quando estiver dormindo? Ou por causa da próxima terrível ressaca? Acidente de trânsito? É uma carga, é uma coisa que deve ser feita. E vou morrer sem acreditar em Deus. Isso vai ser bom, posso enfrentá-la de cabeça em pé."

Charles Bukowski, O Capitão Saiu Para o Almoço e os Marinheiros Tomaram Conta do Navio

Um comentário:

Tita Aragón disse...

Esse era 'o cara'... talvez, se eu nascer de novo, umas 20 mil vezes, eu consiga escrever como ele.
Velho safado!