domingo, agosto 31, 2008

Diversidade

Fim de semana de variado nas escolhas cinematográficas.
Começando por Encarnação do Demônio, de José Mojica Marins. Ainda em cartaz na sala P.F. Gastal, na Usina do Gasômetro. Que Jogos Mortais que nada, o negócio é Zé do Caixão.



Depois sessão vale a pena ver de novo:

Fahrenheit 451, dirigido por François Truffaut e baseado na obra de Ray Bradbury (Um dos meus filmes favoritos numa lista dos 100 melhores).





E O Homem que sabia demais, de Hitchcock










5 comentários:

Dany Darko disse...

O mundo conspira para que eu veja
Fahrenheit 451. O Dr. House vai ficar com ciumes (estou na quarta temporada), mas já coloquei pra baixar.
Beijo, Tati!

Trevas disse...

Que rápida que tu é, Dany. vamos começar a quinta temporada juntas então. Essa última começa bem, mas termina meio que descaracterizando o House. Depois me conta o que achaste.
Bjs

Carol (Tita) disse...

O Homem que Sabia Demais!!!
Obrigada, tati, por me fazer lembrar o nome do filme do meu bom e velho "Riticóki", que eu queria rever!

Uhu!

Penkala disse...

ma era óbvio que ia rolar zézinho, né?

mas o fahrenheit 451 foi A coincidência: eu vi ele essa semana também! (tá, sábado passado!)


cláaaaaassico!

Anônimo disse...

Ohh Tati.. Vou dizer algo que vai acabar contigo! Mas em tua homenagem - e a linda listinha que fizeste para mim - aluguei o Fahrenheit.. Olha.. não deu!

Definitivamente eu sou do tipo blockbuster.. Não posso mais lutar contra isso!! rsrsr

Mas ainda vou alugar os outros que me indicastes!

Bjos,
Camila Barth