sábado, setembro 16, 2006

Por onde andam os asteróides quando mais precisamos deles?


Cara, eu adoro cinema catástrofe, com uma pitadinha de ficção científica, mas odeio aqueles finais em que heróis esfarrapados, chamuscados e faltando um pedaço, saem caminhando abraçados à mocinha-linda- e-loira, a trilha sobe, e aparece - triunfal como um falo ereto - a bandeira americana.
Bom, eu sei que são os americanos que fazem esses filmes de acidentes nucleares, ondas gigantes provocadas por meteoros fora de órbita, epidemias incontroláveis e finais de auto-superação. Mas por que raios aquela cena da bandeira??? APApuuuuuuuuuta que pariu!

Minhas três adoráveis vizinhas do andar de cima têm um cachorro. Elas andam de roller pela casa. Aquelas rodinhas infernais passando sobre a minha cabeça, pra lá e pra cá, seguidas pelo inconfundível ruído de garras caninas escorregando no parquet. Como se não bastasse, as barangas também usam salto alto e desfilam pelo apartamento num 'toc toc toc' sem fim, de dia, de noite e... de madrugada!!! Sim, queridos, vocês não estão com problemas de visão. Leram exatamente o que eu escrevi: DE MADRUGADA!

Aliás, é o momento ideal para as 'fofas' derrubarem objetos pesados no chão, arrastarem os móveis, abrirem e fecharem - váááááááárias vezes - as portas e janelas de correr (será transtorno obsessivo-compulsivo-em cadeia???).
Tenho a ligeira sensação de que elas são zumbis intergalácticos que vieram dominar a Terra. Só que os heróis dos filmes americanos ainda não sabem do esconderijo secreto. Vou mandar instruções pelo Google Earth e um localizador GPS pro FBI e pra CIA. Provavemlente, amanhã, os agentes Dana Scully e Fox Moulder estejam aqui no prédio, dando cabo às alienígenas do planeta Ehphodum, que habitam apartamento 72.
Mas, se Moulder e Scully não aparecerem, preciso de instuções urgentes sobre como alterar a rota de um cometa assassino, de pequeno porte, e fazê-lo colidir, às cinco da manhã, com o andar de cima, nas duas janelas voltadas para o oeste.
Pensando bem... alguém aí sabe o telefone do Bin Laden?

2 comentários:

Trevas disse...

Bah, acho que prefiro o meu vizinho porque ele só toca gênesis no findi. Agora roller na cabeça é pra matar. Asteróides e morte pra elas. hahahaha

Hosana disse...

olha, o número de telefone do nosso "amigo bin" eu não sei. Mas aí vai uma dica. Derrepente dá pra tentar fazer um lançamento pela janela, no ap das queridas do andar de cima, um Dedetizador da Mat Inset, não seria uma má idéia. Fumaceira total (eheheh)!! Espera uns 2 minutos e a barangada sai porta a fora com as cria, os rollers e os cachorros embaixo do braço.
Se depois de todo esse esforço, nada mudou, se quizeres eu tenho um protetor auricular pra te emprestar!
É óteeemo!